Programas do YouTube

CEO do WhatsApp diz que ‘Apple não quer ninguém usando Android’

Em entrevista ao podcast Big Technology, o CEO do WhatsApp Will Cathcart falou sobre a guerra entre o Facebook e a Apple, em relação aos apps de mensagens, e não poupou críticas à rival.

Comentando sobre as novas etiquetas de privacidade da gigante de Cupertino, que mostram como os dados pessoais são coletados pelos apps instalados nos dispositivos com iOS, Cathcart disse que elas são discriminatórias e forçam as pessoas a usar o iMessage, dando a entender se tratar de uma plataforma mais segura no quesito privacidade do que o WhatsApp.

“É certamente do seu interesse estratégico que os utilizadores não usem um app como o WhatsApp. Isso porque eles (Apple) não querem que ninguém use um celular Android”, disse o executivo, se referindo ao mercado norte-americano, onde a maioria das pessoas têm um iPhone e não abrem mão do iMessage, deixando o mensageiro pertencente ao Facebook para trás.

O chefe do WhatsApp afirma que o seu telefone principal é um Android, mas ele também diz ter um iPhone.Fonte:  Facebook/Divulgação e olhardigital

O chefe do WhatsApp também criticou o fato de não ser possível encontrar muitas informações sobre as etiquetas de privacidade do mensageiro da Maçã, pois o programa vem pré-instalado no iOS, em vez de ser baixado. Ao pesquisar no site da companhia, ele disse que encontrou algumas inconsistências, como o não detalhamento sobre os dados coletados ao enviar dinheiro pelo iMessage.

Alertas de privacidade

Conforme o novo sistema de etiquetas de privacidade da Apple, tanto o WhatsApp quanto o Facebook Messenger recolhem uma maior quantidade de dados sobre o usuário do que outros apps e serviços do tipo.

No caso do Messenger, são 65 etiquetas listadas pela empresa, sinalizando que o programa rastreia informações sobre funcionalidades do app, publicidade de terceiros e a personalização do produto, entre outros dados. Já o WhatsApp é mais modesto ao vigiar seus usuários, contando com 16 etiquetas marcadas.

 

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *