Últimas Notícias

Gênesis domina audiência entre os mais ricos no horário nobre; veja números…

Oscar Magrini como Noé em Gênesis, novela bíblica que teve o melhor início no quesito ibope


No ar desde 19 de janeiro, Gênesis começou como a novela bíblica mais vista da história da Record. Com mais do que o dobro de ibope em relação ao SBT no mercado nacional, a trama da Record incomoda a Globo em quatro capitais e ainda tem a maior pocentagem de público entre os mais ricos em seu horário de exibição.

Um estudo obtido pelo Notícias da TV, com dados aferidos pelo Ibope, indica que 36% dos telespectadores de Gênesis são das classes A e B na Grande São Paulo, mercado publicitário mais importante do país. Os dados consideram as duas primeiras semanas da novela.

O folhetim sobre o livro inicial da Bíblia Sagrada é exibido na faixa das 21h às 21h55 e concorre com o fim do Jornal Nacional e o início de A Força do Querer na Globo –34% do público da emissora líder pertence às classes mais ricas nesse horário. Já o SBT tem 23% de audiência AB.

Em relação à média de ibope, Gênesis registrou 15,1 pontos em São Paulo no período de 19 de janeiro a 5 de fevereiro, um aumento de mais de 60% na comparação com a antecessora, Amor Sem Igual. Os Dez Mandamentos, grande fenômeno  bíblico da Record, ficou com 12,0 de média em suas duas primeiras semanas.

No confronto direto com Gênesis, a emissora de Silvio Santos fechou com apenas 6,0 pontos entre os paulistas; a Globo, com 27,1 de média, é líder isolada.

O desempenho da trama bíblica no horário das duas atrações de maior ibope da TV brasileira, o Jornal Nacional e a novela das nove, é um feito e tanto para a Record.

Em Goiânia, inclusive, Gênesis conseguiu ficar em primeiro lugar na média geral das duas primeiras semanas: 20,6 x 18,6. Foi a única capital em que a emissora de Edir Macedo liderou. Mas em outras três praças, Salvador (21,5 x 18para a Globo), Recife (22,2 x 16,8) e Vitória (18,8 x 14,4), a disputa também ficou equilibrada. 

No PNT (Painel Nacional de Televisão), que considera o desempenho das 15 maiores regiões metropolitanas do país, o folhetim da Record marcou 14,7 pontos de média, contra 24,6 da Globo e 5,5 do SBT..

Fonte @uol

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *